Transparência:inovação,confiançaedesenvolvimento

O ambiente digital é reconhecido por seu dinamismo, inovação e transformação contínua. A marca do sucesso no ambiente digital é a capacidade de manter-se atualizado, antecipar necessidades, ser disruptivo, oferecer novas possibilidades e chegar à próxima fronteira.

A publicidade no ambiente digital não foge a esta característica. Embora a velocidade da transformação seja vista como um valor próprio desse mercado, por vezes ela também pode trazer insegurança e incerteza para inúmeros agentes na cadeia e, em especial, para anunciantes e consumidores.

Nesse sentido, mais do que um valor ético importante, a transparência deve ser encarada como uma ferramenta fundamental e prática que permita a contínua inovação do mercado de publicidade digital sendo capaz de gerar confiança, valor e desenvolvimento para todos os agentes envolvidos na cadeia.

Vale dizer: se a inovação não vier acompanhada da clareza sobre os potenciais ganhos, as mudanças e os controles necessários, mas também sobre seus limites, as possibilidades de sucesso e desenvolvimento de um mercado sustentável e de longo prazo ficam muito restritas.

Mas como encarar isso na prática?

A nova realidade da publicidade digital inclui questões como novos modelos de negócio, muitas vezes rompendo com os modelos pré-existentes; novos players de mercado, agregando utilidades distintas à cadeia de mídia em relações cada vez mais complexas e intrincadas; novas formas de mensuração de performance, valor e resultados; e novas formas de relacionamento com o consumidor, inclusive no que diz respeito ao conhecimento de seus hábitos e preferências.

É claro que a transparência nesse contexto é, antes de tudo, um valor ético necessário e que também instrumentaliza a forma de conhecer e operar dentro dessa nova realidade. Ela ajuda a identificar oportunidades e controlar expectativas, construir um entendimento claro para todos os envolvidos garantindo um efetivo poder de escolha entre os agentes de mercado, disseminando conhecimento e melhores práticas, fazendo crescer a confiança e gerando desenvolvimento.

A pretensão não é necessariamente arbitrar sobre as diversas práticas e modelos no mercado ou fazer julgamento de valor, mas antes debatê-las de maneira franca para que os anunciantes, agências, veículos, players de ferramenta e tecnologia e consumidores, enfim, o conjunto do mercado de publicidade digital tenham consciência e poder de decisão sobre seus negócios e possam fazer suas escolhas de forma consciente.

A transparência pretende ser um instrumento que contribua para a educação, conscientização e incremento da capacidade de decisão de cada um dos agentes do mercado. O IAB acredita assim que a transparência como prática de mercado ajuda a disseminar confiança entre cada um dos agentes e impulsiona o desenvolvimento desse mercado.

Durante esse ano de 2016, o IAB produzirá e divulgará comunicados referentes a diversos assuntos para estimular o diálogo sobre temas como internet financiada pela publicidade, privacidade de dados, mídia programática, viewability e fraudes, todos construídos a partir do eixo da transparência.

Temos feito um progresso sólido na publicidade digital e, juntos, vamos continuar a criar um mercado mais maduro, honesto e responsável. Todos querem. Todos merecem. Todos ganham.

Convido você a fazer parte dessa discussão.

Por André Izay - Presidente do IAB Brasil