Estudo:paisbrasileirospassammaistemponasredessociaisdoquevendoTV

Redes sociais são um hábito apenas dos jovens? Há quem acredite que sim, mas os dados mostram que não. De acordo com o estudo Connected Life, da Kantar TNS, a conectividade está presente no cotidiano daqueles que serão pauta no próximo domingo: os pais. Segundo a pesquisa, 24% dos pais brasileiros passam, em média, 2h30 por dia navegando em redes como Facebook e YouTube. Além disso, essas são as redes favoritas dos entrevistados: 93% gostam mais do Facebook, enquanto 81% escolheram o YouTube. Depois delas, estão o Instagram (46%) e o Twitter (44%). Naturalmente, os pais também usam a internet para checar e-mails e mandar mensagens instantâneas. Outro ponto curioso identificado pela Kantar TNS tem relação com o uso de telas maiores. Segundo a pesquisa, as mães brasileiras possuem menos dispositivos de telas maiores do que os pais do País. Além disso, eles possuem também menos smartphones do que elas. O consumo dos meios tradicionais, como a televisão, é relatado por 77%, significando um declínio dessas plataformas como tendência mundial. Na verdade, 66% dos pais passam em média 1h25 por dia vendo vídeos online. O consumo de rádio offline superou o acesso a essa mídia na forma online, ao contrário do que acontece nos meios impressos. A leitura de jornais e revistas online é maior do que no papel. “O digital está mudando hábitos de consumo e impactando cada vez mais a jornada de compra dos brasileiros. Seja para buscar informações sobre produtos, interagir com as marcas, encontrar recomendações de outros consumidores ou expressar sua própria opinião, as mídias sociais são touchpoints cada vez mais importantes nessa jornada”, explica Isabelle Rio-Lopes, VP de Client Service da Kantar TNS. Fonte: Consumidor Moderno

Eventos

06 Mar, 18
05 Abr, 18
Veja todos os cases