DiscursoPrêmioABEMD2015
Patrocinado por

PALAVRA DO PRESIDENTE

Amigos, muito boa noite,

Tivemos um recorde de participação de empresas clientes no Prêmio ABEMD.

Foram 80 marcas, 10 a mais do que no ano passado, em sua maioria tradicionais grandes anunciantes brasileiros, e novos anunciantes que certamente vão crescer cada vez mais, mostrando que vêm fazendo Marketing Direto, o marketing diálogo, orientado por dados, da melhor qualidade. Mesmo em um cenário desfavorável.

É uma demonstração clara da força que tem nosso mercado perante toda a cadeia da comunicação e do marketing, como disciplina que gera negócios, por trabalhar estratégia, criação e resultados mensuráveis.

Em tempos de redes sociais, temos a vantagem de ser a disciplina do diálogo, esta via de duas mãos entre produtos e serviços e os consumidores, que tem em seu DNA a mensuração de resultados.

O Prêmio ABEMD mostra exatamente isso, até porque é um modelo que é aprimorado a cada ano em suas quatro especialidades e tem seus cases julgados por um corpo de jurados de primeiro time.

É importante fazer um agradecimento especial aos 35 jurados e coordenadores, profissionais e amigos da ABEMD, na pessoa do coordenador geral do prêmio, Fernando Cirne, pela dedicação e empenho incansáveis.

Peço aos jurados que se levantem para receber um abraço e os merecidos aplausos de todos.

O Prêmio ABEMD é uma certificação de competência, em estratégia, criatividade e eficácia das ações.

O próprio ranking dos premiados é reconhecido como referência única por anunciantes, agências, fornecedores e profissionais.

É importante dizer ainda que todos os cases inscritos são representativos, mesmo aqueles que não são premiados. Afinal, não é possível todos os times ganharem o mesmo campeonato.

O Prêmio ABEMD reconhece a todos os finalistas com igual respeito, seja na festa, ou depois dela, na divulgação por meio de nossos veículos de comunicação, a revista e o portal.

Quero aproveitar para falar da vitória que temos tido sobre a regulamentação da lei de proteção de dados no Brasil, que vai impactar diretamente os negócios  de todos os presentes.

A ABEMD há mais de cinco anos vem trabalhando neste processo, com ações que vão desde reuniões com inúmeras associações parceiras, dentre as quais ABAP, ANER, IAB, ABRADI, ABRAREC, ANATEC, além de uma forte presença no Governo e na Câmara dos Deputados. Temos levado aos ministros, deputados e senadores nossas preocupações, para que uma lei geral de proteção de dados no brasil não venha a afugentar novos negócios ou frear o pujante mercado que se viabiliza pelo Marketing Direto, o marketing diálogo, orientado por dados.

Chamo a atenção de todos os presentes para que se mobilizem e participem da luta da associação a fim de que sejam criadas regras justas e equilibradas, no sentido de permitir o necessário desenvolvimento econômico de nosso País.

Temos promovido debates com o mercado e conseguimos fazer novamente várias intervenções, para que este projeto esteja mais adequado à realidade e não fira a liberdade de expressão comercial, tão necessária em nossa atividade.

Sobre este assunto é importante lembrar que em breve haverá no congresso audiência pública para debater o Projeto de Lei 4060/2012, sobre tratamento de dados pessoais, do deputado Milton Monti, elaborado logo após relatório da comissão de privacidade, coordenada por nós, no V Congresso Brasileiro da Indústria da Comunicação, organizado pela ABAP, aprovado por 38 associações do Forcom.

Somar forças é essencial para demonstrar aos poderes constituídos, uma maneira equilibrada de regular, respeitando os consumidores e não prejudicando o mercado.

Foi um passo importante do ponto de vista de proteção e defesa do setor, com atuação de nossa consultoria de direitos do consumidor. Sem falar de todo o trabalho de atualizar nossas autorregulamentações em todos os segmentos como o Probare, Capem, a própria proteção de dados pessoais, além das diretrizes setoriais de agências.

O Ministério da Justiça, por meio da Secretaria Nacional do Consumidor, tem se colocado a disposição para ouvir nossas preocupações. Precisamos estar juntos e demonstrar a força de nosso setor, a fim de que não sejamos apenas ouvidos, mas para que nossos pedidos sejam efetivamente considerados.

Temos que passar a leitura correta de que uma lei ruim impacta todo o mercado e não apenas o segmento da comunicação e do marketing. Somos a favor de uma lei que seja indutora de crescimento econômico e social e não que gere desincentivo ao mercado.

Vamos juntos construir uma lei melhor.

Temos muito ainda a realizar. Porque a ABEMD, representa pelo menos oito segmentos de atividade econômica que formam a nossa complexa disciplina.

Em empreitadas como essa da proteção de dados pessoais, a ABEMD tem credibilidade e reconhecimento de todo o mercado.

É assim que estabelecemos diversas outras parcerias de apoio e cooperação com importantes entidades, como com a Fiesp, Conar, Procon, Fedma (Federação Europeia de Marketing Direto) e DMA (Direct Marketing Association, dos EUA), com a qual temos várias parcerias, como a DMA Conference, entre outros.

Realizamos, por exemplo, pesquisa mundial, feita em 17 países, que avalia o desempenho do marketing orientado por dados no mundo. Já estamos preparados para empreender a segunda edição e a do ano passado pode se acessada facilmente em nosso portal.

O reconhecimento de nosso trabalho também se reflete em eventos que promovemos como Cannes e DMA no brasil, em parceria com a ESPM, e em nosso Curso de Especialização, que em agosto entra em sua 28ª edição. É um curso livre, ministrado por grandes profissionais do mercado. Sempre atualizado a cada edição, com a competente coordenação do Fabio Adiron. Em 27 edições formamos mais de 900 profissionais.

Muito obrigado a ABRADI, Adnews, Consumidor Moderno – Grupo Padrão e IAB, pelo apoio na divulgação do prêmio.  

Agradeço ao conselho e à diretoria da ABEMD, na pessoa de Edson Barbieri, pelo apoio às nossas atividades. Agradeço também aos nossos patrocinadores Acxiom, Salesforce e Correios, e nossos apoiadores: Jotacom, jornal O Estado de São Paulo e Serasa Experian. Sem eles não seria possível fazer esta grande festa.

 

Muito obrigado! Vamos festejar!

 

Efraim Kapulski