BancoCentralestudaincentivosparadisseminaraeducaçãofinanceiranoBrasil



Pensando no alto número de endividados no Brasil, o Banco Central estuda incentivos para ampliar a educação financeira de jovens e adultos. Segundo o diretor de relacionamento institucional e cidadania do Banco, Maurício Moura, a ideia é buscar algo próximo a um programa de fidelidade. “À medida em que as pessoas vão fazendo cursos de educação financeiras, eles iriam adquirir pontos e, com esses pontos, teriam ou uma redução do custo do crédito nas instituições financeiras participantes do programa ou então uma melhor nota de crédito”, afirmou o diretor.  Fonte: Estadão

Eventos

27 Jul, 19
07 Ago, 19
Veja todos os cases