CalculadorasnãosubstituírammatemáticoseaAInãosubstituiráhumanos

Nem todos nós veríamos uma calculadora como uma ameaça ao nosso trabalho. No entanto, assim como o desenvolvimento dessas ferramentas, agora onipresentes, inquietou alguns matemáticos, os rápidos avanços na inteligência artificial (AI) e no aprendizado de máquina (ML) estão provocando debates e pouca preocupação com o futuro da força de trabalho global. Erez Yereslove, vice-presidente sênior da Globality, escreveu no World Economic Forum que dados recentes apontam para uma divisão significativa na percepção pública em torno do avanço do desenvolvimento da AI, mais notavelmente e diretamente ligado aos níveis de educação, salários, conhecimento técnico e até mesmo gênero. Hoje, alguém faria com prazer cálculos matemáticos cansativos? Da mesma forma, um dos maiores benefícios da AI é a alocação de tarefas repetitivas de baixo nível para as máquinas, em vez de pessoas, gerando eficiência imediata e permitindo que os funcionários se concentrem em funções de nível superior. Fonte: IT Forum 365

 

Eventos

18 Abr, 19
24 Abr, 19
Veja todos os cases