Sustentabilidade:CargillpassaaproduzirsomentecomenergiaeólicanasregiõesNorteeNordestedoBrasil

A Cargill está investindo em energia eólica para abastecer as plantas de Ilhéus e Barreiras, na Bahia, e para os terminais portuários de Miritituba e Santarém, no Pará. O PPA (Power Purchase Agreement) de 10 anos de fornecimento foi assinado com a empresa Omega Energia, que investe em energia 100% limpa e renovável, com a premissa de criar valor tangível para todos seus stakeholders. O PPA celebrado entre as empresas constitui projeto a ser implantado na região Nordeste, onde a Omega opera um amplo portfólio de ativos eólicos. Com esse investimento, a Cargill terá uma economia estimada em US﹩ 11 milhões no período e 10.547 toneladas métricas de CO2 evitadas anualmente (quantidade equivalente à energia gasta em 1.217 residências por um ano). A iniciativa está estruturada dentro da meta apresentada pela Cargill de reduzir as emissões absolutas de gases de efeito estufa em todas as suas operações em 10% até 2025, conforme medido em relação à linha de base de 2017, e alinhado ao Acordo de Paris e aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. A Cargill também tem como objetivo a redução do impacto de sua cadeia de suprimentos eliminando 30% das emissões por tonelada de produto até 2030. Esses objetivos são aprovados pela Science Based Target Initiative (SBTi), o padrão globalmente aceito para garantir que os objetivos de redução de emissões de gases de efeito estufa estejam alinhados com o Acordo Climático de Paris.

Eventos

12 Ago, 20
22 Ago, 20